quarta-feira, 23 de março de 2011

CONFECÇÃO DE MASSA DE MODELAR PELAS CRIANÇAS


"BRINCANDO E APRENDENDO AO MESMO TEMPO..."


A atividade de confecção da massa de modelar entre as crianças de pré-escola e de 1º ao 4º ano teve como objetivo desenvolver e/ou ampliar a coordenação motora, a expressão oral, a criatividade, o reconhecimento de cores, a formulação e a compreensão de regras individuais e coletivas, bem como a atenção e a concentração na atividade, formas e texturas e a percepção corporal pelo tato e olfato.
Sabemos que as crianças sentem-se mais estimuladas quando trabalham atividades concretas. Dessa forma e mesmo as crianças de pré-escola terem acesso a massa de modelar na escola, desenvolvemos a atividade de confecção da massa, inclusive para os alunos de 1º ao 4º ano, para que os mesmos percebam que esse material foi resultado de seus esforços e trabalho, portanto mais valorizado e interessante.
A atividade foi desenvolvida em duas etapas: com pré-escola na sala e com ensino fundamental na cozinha.
Primeiramente em roda de conversa levantou-se a proposta de atividade e a investigação sobre o conhecimento dos alunos acerca do tema. Em seguida, o grupo elaborou oralmente regras básicas individuais e coletivas para serem seguidas no decorrer da atividade.
Após a organização dos ingredientes necessários, os alunos colocaram a mão na massa e e seguiram as etapas de produção da mesma, até chegarem ao resultado final.
Com as crianças de pré-escola, explorou-se o manuseio dos ingredientes em cada etapa com dicas de cuidado em casa (não mexer nas panelas ou fogão, manusear objetos cortantes e perigosos, seguir orientação dos pais, etc).
Mexer com a massa foi muito interessante para os pequenos pois isso não é uma atividade que costumam ter em casa, mas na escola é possível colocá-los em contato com esses materiais para que sintam o cheiro, a textura, a temperatura, etc.
As crianças puderam manusear a massa, após estar com uma textura homogênea fazer a "divisão" entre cada colega de partes iguais e escolher a cor para colorir sua massa.
Foi interessante ver como as crianças são criativas na elaboração de figuras, animais, letras, luvas, etc.
Ao final, todos queriam fazer sua própria receita em casa para poderem manusear a vontade.

RECEITA DA MASSA:
4 XÍCARAS DE FARINHA DE TRIGO
1 XÍCARA DE SAL
1 E MEIA XÍCARA DE ÁGUA
1 COLHER DE (CHÁ) DE ÓLEO.
Misturar todos os ingredientes na panela até ficar uma massa homogênea. Acrescentar tinta guache, anilina ou corante. A massa pode ser colocada em saco plástico e na geladeira.

(REALIZANDO UMA PESQUISA SOBRE O TEMA PUDE TER ACESSO AO TEXTO ABAIXO QUE ACHEI MUITO INTERESSANTE, POR ISSO COMPARTILHO COM VOCÊS LEITORES, RESSALTANDO QUE O TEXTO NÃO É DE MINHA AUTORIA, CONSTANDO A AUTORA E FONTE AO FINAL DO TEXTO).


BENEFÍCIOS DE TRABALHAR A MOTRICIDADE REFINADA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O trabalho com a motricidade refinada com crianças que estão prestes a integrar na educação infantil, segundo a pedagoga Cássia Ravena M. de Assis Medel, é considerado pré-requisito extremamente necessário para beneficiar a criança no processo de alfabetização.

Com o intuito de conscientizar os educadores sobre o quanto é positivo para a criança o trabalho com a motricidade refinada antes do ingresso a alfabetização, alguns pontos são abordados de forma que venha esclarecer tal necessidade.

Vale ressaltar que o processo de aquisição da linguagem escrita na criança não inicia na alfabetização, a criança deve ser estimulada a realizar atividades que envolvam movimentos de mãos e dedos de forma que futuramente ela tenha melhor habilidade para utilizar lápis, canetas, realizar desenhos, entre outros.

Com o objetivo de trabalhar a motricidade refinada com a criança é fundamental que disponibilize a ela materiais que proporcione desenvolver as partes necessárias.
O ideal é utilizar tintas, trabalhando com pintura a dedo, massa de modelar (desenvolvendo criatividade), folhas de revistas (orientando a criança a “rasgar” determinada figura e posteriormente utilizar de tesouras e colas para realizar colagens).

Além das colagens realizadas com papéis, atividades diferenciadas como colagens de macarrões, barbantes, bonecos pedagógicos, em especial aqueles que desenvolvem atividades como abrir e fechar botões, dar laços, fechar e abrir zíper, dramatizações, visto que requer o uso das mãos constantemente para expressar gestos, etc.

Na verdade, o trabalho com motricidade refinada faz parte de um rico universo educacional, que proporciona à criança, além de passar pelo processo de alfabetização com facilidade e desempenho significativo, realizar atividades do dia a dia que as tornem crianças mais independentes e evoluídas.

Por Elen Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Fonte: Orientação Escolar - Educador - Brasil Escola

Galeria de fotos







Nenhum comentário:

Postar um comentário